sábado, dezembro 18, 2010

Bienvenido

Justo cuando empezó el frío,
cuando largos abrigos empezaron a esconderme,
me dio por mirarme... y te encontré.

¡Bienvenido a esta casa y suerte en el camino!
Discúlpame los hábitos adquiridos
y los miedos mediocres,
el pasado demasiado largo
y este primer desahogo, no refinado.

Es que no tengo consejos para darte,
ni verdades a transmitir...
yo empecé hace poco a vivir y todo lo que sé es buscar.

¿Qué te puedo decir?...

Que merece la pena este mar,
que en mi barco tendrás tu sitio,
y que siempre, siempre, podrás remar.

quarta-feira, dezembro 08, 2010

Aniversário

Ontem fiz anos, e não o digo com orgulho ou vaidade... fazer anos é algo tão natural que não entendo bem porque é que nestes dias todos nos dão os parabéns. Eu própria também o faço, mas... confesso que quase sempre sem motivação. Penso sempre: "Estou a dar os parabéns porquê?".
Se vivessemos numa zona de guerra ou em época de fome, seria um mérito manter-se vivo, mas felizmente não é o caso... por isso...
Reflexões a parte, foi muito bom fazer anos ontem. Telefonaram-me e escreveram-me muitos amigos e familiares, adorei. E todos me deram os parabéns!... desejo ser merecedora deles, independentemente daquilo a que se referem.
Ocorreu um erro neste dispositivo